Prefeito-Bruno-Covas-quer-instalar-energia-solar-em-prédios-públicos-em-SP

Prefeito Bruno Covas quer instalar energia solar em prédios públicos em SP

Atualizado em 28/08/2020
Por Guilherme Coura

Prefeito Bruno Covas quer instalar energia solar em prédios públicos em SP

Atualizado em 28/08/2020
Por Guilherme Coura
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Cerca de 80 empreendimentos devem receber a tecnologia; consulta pública vai até o dia 19 de setembro

A prefeitura de São Paulo abriu consulta pública para a instalação de energia solar em prédios públicos de unidades básicas de saúde, que será feita por meio de parceria público-privada (PPP).  Por enquanto, apenas duas unidades têm energia solar: um prédio no Parque Natural Fazenda do Carmo e o da Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cultura de Paz, no parque Ibirapuera. A consulta pública vai até o dia 19 de setembro.

A empresa que vencer a licitação poderá instalar as microusinas em até 80 prédios, com nível mínimo de geração de 460,7 MWh (Megawatt-hora). A vencedora também terá de cuidar da manutenção.

Além do ganho ambiental, o projeto também tem o objetivo de diminuir o custo com a energia desses 80 prédios, que atualmente está em R$ 139 milhões. Com a implementação da energia solar, a estimativa é baixar esse valor para R$ 15 milhões, uma redução de quase 90%.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, já tem a ideia de ampliar o projeto para outros prédios públicos, com objetivo de expandir o modelo de PPPs sustentáveis.

Em nota a prefeitura informou que tem a ideia de posicionar o município de São Paulo como referência em PPPs de sustentabilidade no Brasil, evitando, por meio da geração de fonte limpa, a emissão de aproximadamente 30 mil toneladas de gases de efeito estufa ao ano, o que equivale ao emitido por cerca de 19 mil carros de passeio.

Não é de hoje o interesse do prefeito de São Paulo pelo segmento solar. Em 2018, ele esteve presente na cerimônia de posse do novo Conselho de Administração da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR).  E a entidade assinou um termo com a Prefeitura de São Paulo para incluir o setor entre os autorizados a retomar as atividades no município. A entidade aderiu ao protocolo já existente de escritórios de serviços. 

banner sinergia

A iniciativa integra o plano gradual de reabertura da economia na capital paulista, que, desde março, vive uma série de restrições em função das medidas de combate a pandemia de COVID-19.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, afirmou que os protocolos foram incrementados com práticas mais rígidas, para proteger funcionários e clientes. As orientações estabelecem que, em caso de inviabilidade do distanciamento social, sejam instaladas barreiras e divisórias transparentes entre funcionários e colaboradores. 

Segundo o protocolo, a permanência de clientes no escritório deve ser pelo menos 80% menor do que a média da rotina normal, no caso da cidade se encontrar na classificação laranja do Plano São Paulo, 60% se estiver na classificação amarela e 40% se estiver na classificação verde.

Ainda de acordo com a prefeitura, as empresas deverão estabelecer um cronograma de funcionamento diferenciado, visando horários alternativos de abertura e fechamento do escritório que não coincida com os horários de pico do transporte público. “O atendimento ao público pode ser de, no máximo, quatro horas, se a cidade se encontrar na classificação laranja do Plano São Paulo, no máximo seis horas se estiver na classificação amarela e horário livre caso se encontre na classificação verde.”

Energia Solar com SINERGIA

SINERGIA acredita que a energia é parte fundamental da sociedade moderna e tomamos para nós, o desafio de torná-la acessível e sustentável.

Seja SINERGIA, contribua com a nossa missão e faça um orçamento!

Fonte: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/prefeito-bruno-covas-quer-instalar-energia-solar-em-predios-publicos-em-sp.html

Fonte: https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/prefeito-bruno-covas-quer-instalar-energia-solar-em-predios-publicos-em-sp.html

Guilherme Coura, aqui no Blog.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Prefeito Bruno Covas quer instalar energia solar em prédios públicos em SP.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir o chat
Precisa de ajuda?